Encontro Fineduca 2020

SOBRE

Com o tema “Financiamento da educação em tempos de austeridade, pandemia e desconstrução: como pensar o futuro?”, o IX Encontro da Associação Nacional de Pesquisa em Financiamento da Educação – FINEDUCA, ocorrerá no formato VIRTUAL, nos meses de novembro e dezembro de 2021, com apoio da Faculdade de Educação (FE/UFG) e Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas (FACE/UFG).

Eixos Temáticos:

1 - Políticas de financiamento da educação básica
2 - Políticas de financiamento da educação superior
3 - Planos de carreira e remuneração de professores
4 - Relações público-privadas no financiamento da educação

Datas Importantes:

•  Início das inscrições com e sem submissão de trabalho – 26/07/2021.
•  Final das inscrições com e sem submissão de trabalho – 04/11/2021.
•  Submissão de trabalhos – 26/07/2021 a 30/09/2021.
•  Divulgação do resultado final da avaliação dos trabalhos – 26/10/2021.
•  Prazo para recursos da avaliação dos trabalhos – 26/10/2021 a 28/10/2021.
•  Divulgação do resultado final da avaliação dos trabalhos após recurso – 30/10/2021
•  Divulgação da programação das apresentações de trabalho – Até 10/11/2021
•  Apresentações dos trabalhos – 29/11/2021 a 03/12/2021 - 19h00 às 21h00
•  Publicação dos Anais do IX Encontro – Até 20/12/2021
•  Apresentação de propostas de minicursos e oficinas – 02/08/2021 a 31/08/2021
•  Período de inscrições para os minicursos e oficinas – 13/10 a 19/10/2021
•  Divulgação da lista de participantes dos minicursos e oficinas – 18/10/2021
•  Realização de minicursos/oficinas – 1º bloco 20 e 27/11/2021
•  Realização de minicursos/oficinas – 2º bloco 04 e 11/12/2021
•  Realização do Encontro – Novembro e dezembro de 2021.

PROGRAMAÇÃO

IX Encontro da Associação Nacional de Pesquisa em Financiamento da Educação – Fineduca
Financiamento da educação em tempos de austeridade, pandemia e desconstrução: como pensar o futuro?


Primeiro Encontro do IX Encontro da Fineduca – 04/11 (quinta-feira), das 18:30 às 20:30
Abertura
Coordenação: Nalú Farenzena – UFRGS, Presidenta da Fineduca, Brasil
Participação da Comissão Organizadora Nacional

Conferência
Austeridade fiscal e políticas sociais
Coordenação: Nalú Farenzena, UFRGS, Brasil
Conferencista
Pedro Rossi – Unicamp, Brasil


Web Seminário 1 – 12/11 (sexta-feira), das 18:30 às 20:30
Corte de verbas na educação: desafios para os gestores
Coordenação: Thiago Alves – UFG, Brasil
Convidados:
Edward Madureira Brasil – UFG, Brasil
Aléssio Costa Lima – Undime, dirigente municipal de educação de Palhano/CE, Brasil


Web Seminário 2 – 17/11 (quarta-feira), das 18:30 às 20:30
Financiamento e garantia de condições educacionais adequadas
Debatedor e Coordenador: José Marcelino de Rezende Pinto – USP, Brasil
Convidado: Bruce Baker – Rutgers University, Estados Unidos da América


Web Seminário 3 – 23/11 (terça-feira), das 18:30 às 20:30
Financiamento da educação superior e da ciência no Brasil
Coordenação: Nelson Cardoso Amaral – UFG, Brasil
Convidadas/os
Otaviano Helene – USP, Brasil
Vera Jacob – UFPA, Brasil


Web Seminário 4 – 06/12 (segunda-feira), das 18:30 às 20:30
Políticas de austeridade: consequências para os profissionais da educação
Coordenação: Maria Dilnéia Espíndola Fernandes – UFMS, Brasil
Convidadas/os
Dalila Andrade Oliveira (UFMG)
Marcos Ferraz (UFPR)


Assembleia da Fineduca – 10/12 (sexta-feira), 18h
Coordenação: Nalú Farenzena (UFRGS)


MINICURSOS E OFICINAS

Atenção!

O período de inscrição é de 13/10/2021 a 19/10/2021

Somente as/os inscritas/os no evento poderão se inscrever

Os links para inscrição estão disponíveis na Área do Associado – Meu Espaço (https://fineduca.org.br/admin/)

A confirmação da vaga será feita após conferência de dados de número de vagas, pagamento da inscrição no evento e não concomitância de inscrição num mesmo horário

1º Bloco - 20 e 27 de novembro de 2021

Oficina 1: Uso de dados e indicadores para a análise de políticas educacionais: a proposta do Laboratório de Dados Educacionais
Responsáveis: Gabriela Schneider (UFPR), Andrea Polena (UFPR), Jaqueline Aparecida Cardoso (UFPR), Alessandra Biscaia (UFPR).
Ementa: Limites e possibilidades dos indicadores para a análise da política educacional. Fontes de dados educacionais. Consulta e análise de dados a partir do Laboratório de Dados Educacionais: nível de agregação das informações, estrutura das consultas, possibilidades de filtros e combinações, montagem de banco de dados.
Procedimentos: Apresentações e discussões coletivas online. Exercícios práticos
Número de vagas: 30
Carga horária: 03 horas
Dia: 27/11/2021
Horário: 9h-12h


Minicurso 1: Mentiras e meias verdades sobre o financiamento da educação superior brasileira: é possível dizer algo sobre o futuro?
Responsável: Nelson Cardoso Amaral (UFG)
Ementa: O grupo que assumiu o poder federal no Brasil em janeiro de 2019, se constitui de pessoas com pensamento ultraconservador nos costumes e ultraliberal nos aspectos econômicos, passou a desenvolver, sobretudo pelo Ministério da Educação, uma campanha pública que procura fragilizar as Universidades Federais, instituições que ainda possuem uma grande credibilidade perante a opinião pública. A população brasileira tem recebido informações, de forma ininterrupta, que colaboram para que as pessoas passem a ver as Universidades Federais como locais em que há um grande desperdício do dinheiro público que nelas são aplicados. Neste minicurso apresentaremos algumas dessas informações e ao examinarmos os seus conteúdos poderemos claramente classificá-las ou como mentiras ou meias verdades.
Procedimentos: Discutiremos informações que inundaram a mídia a partir de janeiro de 2019, tais como: 1) o Brasil já aplica elevado volume de recursos financeiros em educação; 2) é preciso acabar com a vinculação constitucional de recursos financeiros para a educação; 3) as Universidades Públicas não realizam pesquisa; 4) devemos retirar recursos da educação superior e repassá-los para a educação básica; 5) os orçamentos das Universidades Federais crescem muito de um ano para o outro.
Analisaremos cada uma das informações elencados anteriormente, apresentando os Bancos de Dados nacionais e internacionais que podem ser utilizados para obter dados que questionam essas informações e mostram as mentiras e meias verdades que elas apresentam.
Nº de vagas: 30
Carga Horária: 06 horas
Dias: 20/11 e 27/11
Horário: 9h-12h


Minicurso 2: Tramitação de proposições convertidas em legislação – financiamento da educação
Responsável: Paulo Sena (Consultoria Legislativa/Câmara dos Deputados e Grupo de Estudos de Políticas de Financiamento da Educação – EFin)
Ementa: Marcos legais acerca da tramitação de proposições legislativas (Constituição e regimentos internos das casas congressuais). Classificação das Comissões. Tipos de proposição, e quórum de aprovação. Tramitação e atividades no período da pandemia. "Tutorial" de uso da página da Câmara para obtenção de informações e material de pesquisa.
Procedimentos: Exposição dos tópicos e discussão com os participantes.
Número de vagas: 30
Carga horária: 03h
Dia: 20 de novembro
Horário: 9h-12h


Minicurso 3: A fiscalização das contas da educação pelos tribunais de contas
Responsável: Nicholas Davies (UFF)
Ementa: Financiamento da Educação. A definição de receitas e despesas vinculadas à MDE na Constituição Federal, LDB, Fundef (1998-2006) e Fundeb (2007-2020). Interpretações dos manuais da Secretaria do Tesouro Nacional e dos Tribunais de Contas sobre tais receitas e despesas.
Procedimentos: Análise da legislação sobre financiamento da educação em âmbito federal e sua interpretação pelos Tribunais de Contas.
Número de vagas: 30
Carga horária: 3 horas
Dia: 20/11/2021
Horário: 14h-17h


Minicurso 4: Financiamento da educação especial: caminhos metodológicos
Coordenação/mediação: Marileide Gonçalves França (Ufes e Rede Fineesp) e Rosângela Gavioli Prieto (USP e Rede Fineesp)
Apresentadores: Vanessa Dias Bueno de Castro (Rede Fineesp), Gildásio Macedo de Oliveira (Rede Fineesp), Marcia Maurilio Souza (USP e Rede Fineesp) e Suzy Portal (Rede Fineesp).
Ementa: Discutir diferentes caminhos metodológicos para o desenvolvimento de pesquisas de financiamento da educação especial: fontes e procedimentos para obtenção de dados referentes às verbas destinadas à educação especial em fontes oficiais; controle, acompanhamento e transparência no registro de fontes e despesas dessa modalidade de ensino nos balanços financeiros; desafios e possibilidades de estudos voltados a essa temática; e estudos de casos decorrentes de quatro pesquisas recentes sobre financiamento da educação especial.
Procedimentos: a exposição será desenvolvida a partir de discussões de pesquisas sobre financiamento da educação especial, com ênfase nos caminhos metodológicos percorridos pelas/os pesquisadoras/es, com ênfase nos dados sobre os recursos destinados a essa modalidade de ensino no âmbito dos diferentes municípios/estados e a configuração desse financiamento na realidade das/os participantes. A avaliação será realizada durante todo o processo, a partir da participação dos inscritos nas discussões e nas atividades.
Número de vagas: 30
Carga horária: 06 horas.
Dias: 20 e 27 de novembro.
Horário: 9h -12h).


Minicurso 5: Privatização da educação básica: venture philanthropy/ filantrocapitalistas e sua incidência nos currículos da educação básica no Brasil.
Responsáveis: Theresa Adrião (Unicamp/Unemat) e Raquel Borghi (Unesp-RC).
Mediadoras:  Thais Marin (Unicamp) e Adriana Soares Beserra Capoano (Unemat). 
Ementa:O minicurso resulta da pesquisa Análise do mapeamento das estratégias de privatização da educação básica no Brasil: atores, programas e consequências para a educação pública, financiada pela Fapesp, buscará favorecer o entendimento do que seja a venture philanthropy/ filantrocapitalismo e identificar a presença deste segmento na adoção de programas por governos estaduais para os currículos da educação básica. 
Procedimentos: Encontros síncronos – 20/11 – problematização de texto base sobre a temática para efeito de entender o modus operandi deste segmento; 27/11 – refletir sobre os dados presentes no "Mapeamento da inserção do setor privado nas redes estaduais de educação”, destacando os principais atores e programas que incidiram regional e nacionalmente na definição dos currículos no período pré pandemia.
Período assíncrono: leitura dos textos a seguir indicados:
- ADRIÃO, T.; CROSO, C; MARIN, T. Como os Filantrocapitalistas Influenciam as Decisões sobre a Educação Pública no Brasil: os "Pactos" dos estados de São Paulo, Pará e Pernambuco (2021). Será disponibilizado para os inscritos e discutido em 20/11.
- BORGHI, F. R. Atuação do setor privado no processo de construção curricular: o sequestro dos fins públicos da educação.  Será disponibilizado para os inscritos e discutido em 27/11. 
Número de vagas: 25
Carga horária: 10 h (6 h de atividade síncrona e 4 h de atividade assíncrona).
Dias:  20 e 27 de novembro
Horário:14h-17h 


Minicurso 6: Gestão democrática de recursos financeiros descentralizados para a escola pública: uma política necessária!
Responsáveis: Rubens Barbosa de Camargo (USP), Ydeliz Coelho de Souza Sanches (PMSP), Mariana Peleje Viana (UFSC).
Ementa: O minicurso pretende contribuir com a discussão sobre a realidade de gestão financeira da escola pública, por meio do desenvolvimento de três eixos de análise: 1) relação entre orçamento público, financiamento e gestão democrática; 2) experiências de pesquisa em gestão financeira escolar e sobre o Programa Dinheiro Direto na Escola; 3) ponto de vista do “chão da escola”, processos e procedimentos que envolvem a realidade dos gestores escolares ao lidar com os recursos financeiros transferidos pelos governos, relação entre os projetos pedagógicos das escolas e os recursos transferidos,  na forma de participação, autonomia escolar, projetos pedagógicos, diferenças entre despesas de custeio e de capital, possibilidades de gastos, prestação de contas etc.
Procedimentos: encontros virtuais de forma síncrona, com exposição oral, utilização de slides e promoção de reflexões e discussões coletivas sobre os temas estudados; atividades assíncronas por meio de estudos dirigidos com base no livro digital “Gestão democrática de recursos financeiros descentralizados para a escola pública: uma política necessária!” (CAMARGO; SANCHES; VIANA, 2021), a ser disponibilizado a todos os cursistas, com orientação de leituras, enquetes e autoavaliação.
Número de vagas: 20
Carga horária: 12h (9h de atividades síncronas e 3h de atividades assíncronas). 
Dias: 20 e 27/11/2021
Horário: em 20/11 – 9h-12 (atividades síncronas) e14h-17h (atividades assíncronas); em 27/11 – 9h-12h e 14h-17h (atividades síncronas).


2º Bloco - 04 e 11 de dezembro de 2021

Oficina 2: O custo da oferta educacional em condições de qualidade: a proposta do Simulador de Custo-Aluno Qualidade (SimCAQ)
Responsáveis: Thiago Alves (UFG), Adriana Dragone Silveira (UFPR), Andrea Polena (UFPR), Jaqueline Aparecida Cardoso (UFPR), Alessandra Biscaia (UFPR).
Ementa: O custo da oferta de ensino em condições de qualidade: aspectos metodológicos, apuração e evidências; Padrão de qualidade de referência; A proposta do SimCAQ: 1.1 Simulação de valores do custo-aluno qualidade por etapa, área da localidade (urbana/rural) e turno (parcial/integral); 1.2 Simulação de orçamento necessário (no nível municipal) para financiar a oferta de ensino a partir dos valores do CAQ; 1.3 Simulação do orçamento necessário por ente federado para a garantia da oferta da educação em condições de qualidade CAQ. Reflexões sobre a oferta de educação em condições de qualidade a partir dos resultados das simulações.
Procedimentos: Apresentações e discussões coletivas online. Exercícios práticos
Número de vagas: 30
Carga horária: 3 horas
Dia: 04/12/2021
Horário: 9h-12h


Minicurso 7: Novo Fundeb
Responsáveis: José Marcelino de Rezende Pinto (USP), Nalú Farenzena (UFRGS).
Ementa: Caracterização do Fundeb criado pela Emenda Constitucional nº 108/2020: cesta de recursos, complementação da União, diferenças e ponderações de matrículas, atribuições de diferentes instâncias na implementação, dados do Fundeb 2021. Atuação da Fineduca na formulação do novo Fundeb.
Procedimentos: Exposição dos tópicos e discussão com os participantes. As referências serão informadas aos inscritos com antecedência.
Número de vagas: 30
Carga horária: 12h (06h de atividades síncronas e 06h de atividades assíncronas)
Dias: 04 e 11 de dezembro
Horário: 9h-12h
Número de vagas: 30


Minicurso 8: Introdução ao financiamento da educação: fontes, orçamento e principais políticas.
Responsáveis: Juca Gil (UFRGS), Marcos Edgar Bassi (UFSC) e Pelegrino Verçosa (UFAC).
Ementa: legislação e fontes de recursos para a educação no Brasil; políticas de fundos; Fundeb; Plano Nacional de Educação; Carreira Docente e Remuneração.
Procedimentos: apresentações e discussões coletivas online. Trabalhos autônomos de leituras de artigos acadêmicos, coleta de dados, realização de atividades. A bibliografia será enviada aos inscritos com antecedência.
Cronograma: (1) – 04/12, manhã – Legislação sobre financiamento, Fontes de recursos para a educação no Brasil, exercícios; (2) 04/12, tarde – Políticas de fundos, Fundeb, exercícios; (3) 11/12, manhã – Carreira Docente e Remuneração; exercícios; (4) 11/12/2021, tarde – Plano Nacional de Educação, PIB e Educação, exercícios.
Número de Vagas: 50
Carga horária: 12 horas síncronas e mais 8 horas de atividades autônomas assíncronas, totalizando 20 horas.
Dias: 04 e 11 de dezembro
Horário: 9h-12h e 14h-17h

INSCRIÇÃO

CATEGORIA ASSOCIADO/A COM ANUIDADE 2021 PAGA ASSOCIADO/A NÃO QUITE EM 2021 E NÃO ASSOCIADO/2021
Professores universitários e Pesquisadores R$ 50,00 R$ 200,00
Professores de educaçao básica R$ 30,00 R$ 90,00
Estudantes de Pós-Graduação R$ 30,00 R$ 90,00
Estudantes de Graduação R$ 15,00 R$ 45,00
Participantes de Movimentos Sociais R$ 15,00 R$ 45,00
Outros Profissionais R$ 50,00 R$ 150,00

SUBMISSÃO DE TRABALHOS

O Comitê Científico avaliará propostas de comunicações orais nos formatos ‘Artigo Completo’ ou ‘Resumo expandido’ que atenderem as seguintes condições gerais:

I. Cada autor(a) poderá inscrever até 2 (dois) trabalhos, sendo 1 (um) como autor(a) principal e 1 (um) em coautoria.

II. Cada trabalho deverá ter no máximo um (a) autor(a) e três coautores, sendo que todos deverão estar quites com o pagamento da inscrição no evento no ato da submissão.

III. O(s) autor(es) deverá(ão) indicar, no momento da submissão, o eixo temático do trabalho:
1- Políticas de financiamento da educação básica 
2 - Políticas de financiamento da educação superior
3 - Planos de carreira e remuneração de professores
4 - Relações público-privado no financiamento da educação

IV. Somente serão apreciados os textos que obedecerem às diretrizes para submissão dos trabalhos.

V. É facultativa a autorização da publicação dos trabalhos nos Anais do evento. A opção deverá ser manifestada no ato da submissão na plataforma online. Serão publicados nos anais os resumos expandidos e o resumo dos textos completos. Convidamos os autores que tiverem os textos completos aprovados no evento a submetê-los à Revista Fineduca.

VI. Os trabalhos NÃO DEVERÃO conter identificação dos autores. Os trabalhos com identificação não serão avaliados.

VII. A submissão online deve ser realizada no sistema do IX Encontro.

VIII. O texto deve ser devidamente revisado antes da submissão, pois não haverá possibilidade de correções antes da publicação nos anais. Ou seja, a revisão linguística do texto é de responsabilidade dos autores.

Condições para submissão de ‘Artigo Completo’

Os trabalhos no formato ‘artigo completo’ devem atender as diretrizes para autores da Fineduca – Revista de Financiamento da Educação disponível em: http://seer.ufrgs.br/index.php/fineduca/about/submissions#authorGuidelines.

Condições para submissão de ‘Resumo Expandido’

Os trabalhos no formato ‘resumo expandido’ devem ter de 7.000 a 12.000 caracteres (com espaço), em português, inglês ou espanhol, incluindo referências bibliográficas, ilustrações, gráficos, mapas e tabelas, se for o caso.

Formatação: texto em Word for Windows obedecendo às seguintes recomendações: fonte Times New Roman, tamanho 12, espaço 1,5, papel A4, margens de 2,5 cm, paginação no canto inferior direito.

As notas de rodapé deverão ser utilizadas para esclarecimentos absolutamente necessários.

Os autores mencionados no artigo deverão ser citados entre parênteses no corpo do texto, com o ano da publicação da obra e, quando for o caso, com a(s) página(s) citada(s). Ex.: (CALKINS, 1950, p.161).

Os trabalhos deverão conter as seguintes seções: Introdução, Metodologia, Resultados e/ou Discussão, Conclusão, Referências

- A seção Introdução deverá conter a apresentação da temática/objeto, os objetivos e a justificativa do problema estudado de forma clara, utilizando-se de revisão de literatura.

- A seção Metodologia deve ser concisa e suficientemente clara, de modo que o leitor entenda os procedimentos utilizados, incluindo ainda as referências da metodologia de estudo e/ou análises empregadas.

- A seção Resultados e Discussão deve conter os dados obtidos até o momento, podendo ser apresentados também em forma de Tabelas e/ou Figuras. A discussão dos resultados deve estar baseada e comparada com a literatura utilizada no trabalho de pesquisa, indicando sua relevância, vantagens e possíveis limitações.

- A seção Conclusões deve ser elaborada com base nos objetivos e resultados do estudo.

- Na seção Referências serão listados apenas os trabalhos mencionados no texto de acordo com as normas vigentes da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT.

- As Tabelas e/ou Figuras (fotografias, gráficos, desenhos) devem ser apresentadas com qualidade, de modo que possibilite uma reprodução legível, inseridas no texto e numeradas com algarismos arábicos. Nas Tabelas, o título deve ficar acima (sem negrito) e nas Figuras, o título deve ficar abaixo (sem negrito). É recomendável evitar a apresentação dos mesmos dados na forma de Figuras e Tabelas.

ATENÇÃO!

Para submeter os trabalhos, autores e coautores devem, primeiramente, fazer suas inscrições no evento, pois, antes da submissão, o sistema faz uma verificação. Para fazer a inscrição não é necessário ser filiado à Fineduca.

Pedimos atenção para os prazos de confirmação dos pagamentos das inscrições pelo PagSeguro! Na opção cartão de crédito, a confirmação pode levar de alguns minutos até dois dias úteis. Na opção boleto bancário, o prazo pode ser de um a três dias úteis.

SUBMISSÃO DE PROPOSTAS DE OFICINAS OU MINI CURSOS

A oferta de Oficinas ou Mini cursos ocorrerá aos sábados, entre os dias 20/11/2021 a 11/12/2021, no período da manhã (9:00h) e/ou da tarde (14:00h) com duração de 3 horas a cada período.

Para garantir que os participantes possam realizar pelo menos 2 oficinas, a oferta completa da Oficina ou Mini Curso poderá ser de 3 a 12 horas (múltiplo de 3 horas) em um dos dois Blocos:

As propostas de oficinas ou mini cursos podem ser enviadas até 31/08/2021 para o e-mail encontro@fineduca.org.br, com as seguintes informações:

ORGANIZAÇÃO

Equipe Nacional

Adriana Aparecida Silveira Dragone
Márcia Aparecida Jacomini
Nalú Farenzena
Nelson Cardoso do Amaral
Rosana Maria Gemaque Rolim
Rubens Barbosa de Camargo
Thiago Alves


Comitê Ciêntífico

Coordenação Geral: Adriana Dragone Silveira e Marcia Jacomini

Eixo 1 - Políticas de financiamento da educação básica
Coordenação: Maria Cristina das Graças Dutra Mesquita e Maria Goreti Machado

Eixo 2 - Políticas de financiamento da educação superior
Coordenação: Cristina Helena de Almeida Carvalho e Renata Ramos da Silva Carvalho

Eixo 3 - Planos de Carreira e Remuneração de professores
Coordenação: Jarbas de Paula Machado e Rosana Genaque

Eixo 4 - Relações público-privadas no financiamento da educação
Coordenação: Josué Vidal Pereira e Theresa Adrião

Avaliadores

Eixo 1 - Políticas de financiamento da educação básica
Andrea Barbosa Gouveia
Calinca Jordânia Pergher
Daniela Rodrigues de Sousa
Fabrício Aarão Freire Carvalho
José Marcelino Rezende Pinto
Juca Gil
Luiz Araújo
Maria Cristina das Graças Dutra Mesquita
Maria Goreti Farias Machado
Maria Luiza Rodrigues Flores
Nalú Farenzena
Patrícia Souza Marchand
Renato Barros de Almeida
Rosa Maria Pinheiro Mosna
Thiago Alves
Wellington Ferreira de Jesus

Eixo 2 - Políticas de financiamento da educação superior
Aline Veiga dos Santos
Fabíola Bouth Grello Kato
Josué Vidal Pereira
Luiz Fernando Reis
Maria Goretti Cabral Barbalho
Maria Rosimary Soares dos Santos
Nelson Cardoso do Amaral
Roberta Santana de Araújo
Valeria Silva de Moraes Novais
Vera Lúcia Jacob Chaves

Eixo 3 - Planos de Carreira e Remuneração de professores
Dalva Valente Guimarães Gutierres
Ilma de Andrade Barleta
Jarbas de Paula Machado
Magna França
Márcia Aparecida Jacomini
Marcos Edgar Bassi
Maria Dilnéia Espíndola Fernandes
Pelegrino Santos Verçosa
Rubens Barbosa de Camargo
Solange Jarcem Fernandes
Maria Aparecida dos Santos Ferreira

EIXO 4- Relações público-privadas no financiamento da educação
Cassia Domiciano
Dalva Souza Franco
Daniela Pires
Henrique Dias de G. Narareth
José Quibao Neto
Lisete Regina Gomes Arelaro
Maria Aparecida Nunes Pereira
Raquel Borghi
Teise de Oliveira Guaranha Garcia
Vera Maria Vidal Peroni

CONTATO

Em caso de dúvidas, envie email para encontro@fineduca.org.br.